Sobrinha diz à polícia que tio preso por estuprar filho dela é pai da criança

Homem foi preso por abusar da criança de 8 anos, que foi retirada da casa da família em Jundiaí. Polícia pediu coleta de material genético para exame de DNA.

A polícia solicitou a coleta do material genético do homem de 46 anos que foi preso suspeito de estuprar o filho da sobrinha, de 8 anos, para identificar se ele é o pai da vítima. O crime foi na região do Jardim do Lago, em Jundiaí (SP).

Segundo apurado pelo G1, a sobrinha do suspeito disse à polícia que ela também foi estuprada pelo agressor durante a adolescência e que ele seria o pai do garoto.

A operação com mandado de prisão temporária foi realizada pela Polícia Civil, com coordenação do delegado Luciano Carneiro de Paiva e investigadores do 6º Distrito Policial e da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

Segundo a investigação, foram cumpridos mandados de prisão temporária e de busca e apreensão, que foram concedidos pela 2ª Vara Criminal.

O menino foi retirada da casa, onde vivia com o homem e a bisavó, e foi para um abrigo. Outras mulheres da família também denunciaram os supostos abusos quando eram menores de idade. Existe também outra investigação em andamento em que o homem teria estuprado uma enteada.

Os aparelhos eletrônicos apreendidos serão encaminhados à perícia. Ele foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo impo Paulista.