Primeiro-ministro do Japão diz que COI aceitou adiar Olimpíadas para 2021

Em conferência por telefone, Shinzo Abe solicitou ao Comitê Olímpico Internacional para adiar os Jogos que aconteceriam em 2020 para o verão do próximo ano.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, confirmou nesta terça-feira (24), o adiamento das Olimpíadas de Tóquio, que seriam realizadas em 2020, para o verão de 2021. Segundo o premiê, foi feito um pedido formal e aceito pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) para postergar a competição programada para o dia 24 de julho deste ano. Uma nova data oficial ainda será divulgada.

Abe fez o anúncio aos jornalistas logo após uma conversa telefônica com o presidente do COI, Thomas Bach. Segundo ele, o comitê internacional não impôs restrições e aceitou o pedido. Nas redes sociais do primeiro-ministro, também há a confirmação de que os Jogos serão adiados para o verão de 2021.

De acordo com a agência Reuters, Abe afirmou que o COI “apoiou 100%” a proposta. Os Jogos Olímpicos foram adiados por causa da pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, que impactaram a organização do evento e também a preparação dos atletas em todo o mundo.