Papa manifesta solidariedade às vítimas do coronavírus e aos profissionais da saúde

No fim da audiência desta quarta-feira, na praça de São Pedro, pontífice cumprimentou fiéis.

Papa Francisco manifestou solidariedade a todas as pessoas infectadas com o novo coronavírus e aos profissionais da área da saúde que atendem os pacientes durante a tradicional tradicional audiência de quarta-feira (26) na praça de São Pedro, no Vaticano.

“Gostaria de expressar mais uma vez minha proximidade aos enfermos pelo coronavírus e os profissionais da saúde que os atendem, assim como as autoridades civis que participam na assistência e contenção do contágio”, disse o pontífice para centenas de fiéis e turistas.

O papa celebrou a audiência ao ar livre, ao invés de no salão interno Paulo VI, como geralmente acontece nos meses de inverno.

O pontífice chegou a bordo do “papamóvel” e depois saudou a multidão, incluindo algumas pessoas que estavam de máscara.

No fim da audiência, ao invés de subir no papamóvel, Francisco, de 83 anos, apertou as mãos de dezenas de fiéis e beijou algumas crianças.

A Itália é o país o mais atingido pelo novo coronavírus na europa com 374 casos de pessoas infectadas e 12 mortes.