Nonato trata como especulação boatos sobre afastamento do governador: “Confundem realidade com ficção”

Presente a abertura dos trabalhos legislativos na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), na manhã desta quarta-feira (04), acompanhando o governador João Azevêdo (Cidadania) para a leitura da mensagem do executivo, o secretário de Comunicação Nonato Bandeira (Cidadania) reagiu aos boatos de um possível afastamento do chefe do executivo do cargo por conta de eventuais desdobramentos da Operação Calvário, após a divulgação da possibilidade em alguns meios de comunicação.

Nonato lembrou que João não é denunciado ou sequer investigado e atribuiu a meras especulações as disseminações desse tipo de informação.

“Eu atribuo a especulações. Não consta absolutamente nada, nem sequer um pedido. O governador não é investigado nem denunciado. Isso se vive muito no Brasil, quando muitas vezes as pessoas estão em maus lençóis começam a criar desafetos para conseguir uma delação premiada, não espontânea, e as pessoas para se livrar vai arrolando vários políticos e autoridades e às vezes confunde realidade com ficção. Então acho que cabe ao Ministério Público investigar, e está investigando, e a justiça julgar mediante apresentação de provas. Mas não existe sequer pedido de afastamento ou de indiciamento do governador. Existe muita especulação, não só em relação ao governador, como também a diversas outras autoridades e a gente vai aguardar todo o veredicto das investigações, que pelo que estou vendo está apenas começando”, falou.