João Gonçalves deixa Secretária e volta para ALPB, nega articulação para PMJP, mas não descarta disputa ‘se for convocado’

Segundo o parlamentar, já existia um “pré-acordo” fixado entre ele o governador João Azevêdo (Cidadania) antes mesmo de assumir a Secretária em que, após um ano no comando dela, ele voltasse para a Casa de Epitácio Pessoa.

O secretário de Articulação Política do Estado e deputado licenciado, João Gonçalves, confirmou que está de saída da Pasta e de volta a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Segundo o parlamentar, já existia um “pré-acordo” fixado entre ele o governador João Azevêdo (Cidadania) antes mesmo de assumir a Secretária em que, após um ano no comando dela, ele voltasse para a Casa de Epitácio Pessoa.

“Quando eu fui para a Secretária, eu e o governador tínhamos conversado que ficaria no período de um ano, o que tá completando agora. Eu mesmo discuti com ele novamente a umas três semanas atrás o retorno à Assembleia, até porque estava sentido falta dela, já tinha feito atuação com os municípios, prefeitos, vereadores, lideranças, e tava meio que dividindo atenção com o Governo e a Assembleia”, disse o deputado em entrevista ao programa 60 Minutos da Arapuan FM.

Questionado se a sua saída, mesmo com o acordo, seria uma articulação política para disputar as eleições municipais da Capital neste ano, o deputado afirmou que não, mas se tiver que acontecer, a candidatura será de forma “natural”.

“Eu não tinha na minha cabeça essa pretensão de candidatura a prefeito, até porque desde a última campanha que eu disputei com Ricardo Coutinho eu tenho os mesmos propósitos, pavimentar todas as 2.384 ruas de João Pessoa que faltavam calçamento, e continuam ainda mais de duas mil. Eu vejo isso como primordial para trabalhar, melhorar a qualidade de vida do povo, priorizando infraestrutura para aqueles que mais precisam”, disse.

E concluiu. “Tão colocando meu nome aí a disposição de candidatura… Não, mas o que tiver que acontecer, acontece naturalmente”, afirmou.