Galdino arquiva pedido de impeachment contra João e Lígia

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), determinou na quarta-feira (26) o arquivamento do pedido de impeachment que havia sido protocolado contra o governador da Paraíba João Azevêdo (Cidadania) e a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) no dia 5 de fevereiro. O pedido foi feito pelo deputado de oposição Wallber Virgolino (Patriotas) e tinha a assinatura de outros 10 deputados.

A decisão foi embasada pelo parecer técnico da Procuradoria Jurídica da ALPB, “que opina pela rejeição da denúncia e arquivamento do feito, tendo em vista que os autores não juntaram documentos ou provas do alegado”.

O deputado Wallber Virgulino, autor do pedido, afirmou que respeita a decisão, mas já está tomando medidas cabíveis. “A gente que está no jogo da política não se surpreende com nada não. Recebi com naturalidade, mas a gente está adotando outras estratégias e a Assembleia não irá se furtar a analisar. A Assembleia não é um puxadinho do Palácio”, declarou.