Gaeco apreende bolsa com cerca de R$ 60 mil em dinheiro na casa do prefeito de Camalaú

Um dos alvos da operação é o prefeito do município Alecsandro Bezerra dos Santos​, conhecido como Sandro Môco.

A Operação Rent a Car foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (14), na cidade de Camalaú. Um dos alvos da operação é o prefeito do município Alecsandro Bezerra dos Santos, conhecido como Sandro Môco.

Sandro Môco foi afastado do cargo e preso após o Gaeco encontrar na casa do prefeito uma bolsa com cerca de R$ 60 mil em dinheiro. Além do dinheiro também foram apreendidos veículos e uma arma.

Segundo as investigações o prefeito juntamente com outras pessoas são acusados de emitir documentos falsos e locação fraudulenta de veículos do prefeito registrados em nome de “laranjas”, cujos contratos revelaram prejuízo ao erário no valor de R$ 314.690,62.

Segundo apurado, desde o início da gestão do atual prefeito, 2017, os veículos NISSAN FRONTIER e caminhão Mercedes Benz são sistematicamente locados ao município de Camalaú, após prévio direcionamento de processos de licitação,especialmente modelados para tal finalidade.