Dilma repudia chamamento de Bolsonaro: “ou as instituições reagem, ou o Brasil mergulhará na escuridão das ditaduras”

No Twitter, Dilma mostrou repúdio a Bolsonaro e o general Heleno que, segundo ela, estão atentando descaradamente contra a constituição e a democracia ao convocar manifestação contra o Congresso Nacional.

A ex-presidente Dilma Rousseff foi mais uma que saiu em defesa da democracia, nesta quarta-feira (26), diante da provocação do atual presidente Jair Bolsonaro que resolveu puxar coro de fechamento contra o Congresso Nacional e Supremo Tribunal Federal (STF). Em suas redes sociais, o chefe do Executivo está compartilhando um chamamento para os atos.

No Twitter, Dilma mostrou repúdio a Bolsonaro e o general Heleno que, segundo ela, estão atentando descaradamente contra a constituição e a democracia ao convocar manifestação contra o Congresso Nacional.

“Bolsonaro e o general Heleno estão atentando descaradamente contra a constituição e a democracia ao convocar manifestação contra o Congresso Nacional. Torna-se urgente e necessária forte resposta das instituições ou o País mergulhará, + uma vez, na escuridão das ditaduras”, disse a ex-presidente.