Candidatos podem usar SMS eleitoral e Pense Inteligência é uma das únicas empresas com esse serviço na PB

Com a proximidade das eleições num período de pandemia, os pretensos candidatos já começam a se preparar para utilizar todos os meios tecnológicos a que tiverem direito para alcançar os eleitores. E uma das ferramentas permitidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é o SMS, aquelas mensagens enviadas para o celular.

Na Paraíba, uma das pouquíssimas empresas que presta esse serviço é a Pense Inteligência Digital, um dos braços do Grupo Pense.

A Pense Inteligência Digital é a primeira empresa paraibana especialista em inteligência digital com big data para segmentação, engajamento e conversão real de campanhas de marketing multicanal.

A Pense Inteligência Digital utiliza uma das mais modernas e poderosas ferramentas de disparo de mensagens do mundo, que permite um alcance de envio para todos os celulares em um raio de 3 quilômetros e o acompanhamento de entregas.

A resolução do TSE com relação a comunicação digital dos candidatos ainda libera serviços como WhatsApp, que se encaixam na definição de mensagens instantâneas. O termo “mensagem eletrônica” se refere a email, mas pode abranger o SMS também, dependendo da interpretação do tribunal.

A venda de cadastros de endereços eletrônicos é proibida para fins de propaganda eleitoral, sob o risco de multa de R$ 5 mil a R$ 30 mil. E qualquer mensagem enviada precisa conter a opção de descadastramento (opt-out), conforme diz o artigo 25: “as mensagens eletrônicas enviadas por candidato, partido ou coligação, por qualquer meio, deverão dispor de mecanismo que permita seu descadastramento pelo destinatário, obrigado o remetente a providenciá-lo no prazo de 48 horas”.