BURACO GIGANTE SURGE EM SUBÚRBIO DOS EUA E REVELA COMPLEXO DE CAVERNAS

Quando o chão começou a ceder em um subúrbio de Black Hawk, em Dakota do Sul, interior dos Estados Unidos, mais de dez casas precisaram ser evacuadas. A situação, que já era fora do comum, se tornou ainda mais curiosa quando os moradores descobriram o que havia debaixo de seus lares: uma mina de gipsita abandonada.

Esse mineral, também conhecido como pedra-de-gesso, é bastante utilizado na fabricação de cimento, entre outras aplicações industriais. Os Estados Unidos são um dos principais produtores mundiais de gipsita e, curiosamente, o Brasil também está no top 10.

Essa situação da gipsita era tão inusitada que nem mesmo os serviços de emergência da região saberiam o que fazer. Então, os moradores chamaram o Paha Sapa Grotto, um grupo local da Sociedade Nacional de Espeleologia (estudo de cavernas) dos Estados Unidos.

Foram os espeleólogos que descobriram que não se tratava de um buraco normal — se é que existe “normal” quando um buraco enorme aparece na frente da sua casa… — e sim de uma mina de gipsita abandonada. Eles também observaram que a mina tem nada menos que 600 metros de comprimento e 45 de largura, com várias galerias, que passam debaixo de diversas casas no bairro. Veja mais fotos do interior.

O resultado disso tudo — além do susto e das fotos impressionantes — será um enorme processo contra a administração do condado e os construtores do loteamento. Afinal, com esse buraco gigante no subsolo, muitas casas precisaram ser abandonadas e as outras também já não valem mais nada.

Cada um dos 119 moradores está pedindo mais de 75 mil dólares para reparar seus prejuízos e, junto com outras indenizações, o custo total do “processinho” pode chegar a mais de 35 milhões de dólares. Um grande processo para compensar o tamanho do susto. E do buraco…